Laser para Retina e Vítreo

Laser para Tratamento da Retinopatia Diabética

Técnicas usadas para cada doença

Retinopatia diabética

É importante ressaltar que a retinopatia diabética é uma doença que não tem cura. No entanto, se descoberta na fase inicial e tratada de forma adequada, a perda da visão pode ser diminuída.

Como opção de tratamento à laser temos a fotocoagulação: cauterização a laser que gera diminuição do edema local e destruição dos vasos sanguíneos anormais / neovasos.

Alteração retiniana

Quando o médico detecta qualquer alteração retiniana que possa levar ao descolamento, o tratamento é realizado com laser, de modo preventivo.

Se uma rotura de retina é descoberta antes do descolamento de retina ocorrer, ela pode ser tratada antes da retina descolar e o tratamento mais utilizado é a fotocoagulação à laser, entretanto pode ser realizado crioterapia que significa um congelamento da região.

O laser provoca queimaduras ao redor da rotura da retina que posteriormente cicatriza e com isso impede que ocorra entrada de líquido de dentro do olho para debaixo da retina através dessa rasgadura.

Últimos conteúdos do IMO